Últimas Notícias

Notícias

Game Play

Lançamentos

Pc

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Sony vendeu mais de 7 milhões de PlayStation 4 desde novembro

A Sony anunciou nesta quinta-feira (17) que vendeu mais de 7 milhões de unidades do PlayStation 4 em todo o mundo desde o lançamento do videogame, em novembro de 2013. A meta da companhia era vender 5 milhões de aparelhos até o fim do ano fiscal, em março.
"A jornada do PS4 apenas começou e continuamos firmes em nosso compromisso de ultrapassar as maiores expectativas dos jogadores ao fornecer novas experiências de usuário que inspirem e envolvam", disse Andrew House, presidente e CEO da Sony Computer Entertainment. "Esperamos ansiosamente pela oportunidade de revelar muitas dessas experiências para os nossos fãs nos próximos meses".

De acordo com a companhia japonesa, mais de 20,5 milhões de jogos foram vendidos pelo mundo em cópias físicas e digitais até o dia 13 de abril.
Em fevereiro, o Japão foi o último grande mercado a receber o videogame de nova geração da Sony. Em apenas dois dias no país, o PS4 vendeu mais de 322 mil unidades, segundo dados da revista "Famitsu". Lá fora, ele custa US$ 400 (cerca de R$ 900). No Brasil, ele é vendido por R$ 4 mil.

Fonte: G1
Leia mais ...

quarta-feira, 16 de abril de 2014

BRKsEDU - SOU UMA CABRA - Goat Simulator Gameplay!

Descrição da Gameplay: Goat Simulator, um simulador de cabras, foi criado apenas como uma base para testes, porem tornou-se um jogo devido a incrivel demanda do publico pelo game.
Game disponivel na Steam e tambem diretamente pelo site oficial.


Leia mais ...

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Dragon Ball Z: Battle Of Z 2014

DRAGON BALL Z BATTLE OF Z leva o combate para outro nível com uma sistema de batalha única. Ele tem foco em combate em equipe! Nos modos de multijogador online, pode lutar com ou contra os seus amigos! Junte até 8 jogadores ao mesmo tempo!

Fotos:



Trailer: Dragon Ball Z: Battle of Z -- Gameplay Trailer
Leia mais ...

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Gameplay Matéria no Olhar Digital

Que tem gente completamente viciada em games a gente sabe. Mas a paixão pelos jogos eletrônicos vai mais longe com o “gameplay”. Depois de passar horas grudado no controle, muita gente encontra ainda mais diversão assistindo conteúdo sobre... adivinha... claro, games.

"Todo mundo que assiste, joga. Sempre tem o pessoal que segue quando entramos em algum lugar para jogar multiplayer", diz DENIS SNIDER, PRODUTOR DE CONTEÚDO

A maioria dos canais de “gameplay” tem vídeo sobre tudo: informações sobre games, gente que detona games inteiros para ensinar macetes, “previews” de jogos novos e, principalmente, humor e diversão.

"O que eu realmente sei fazer é fazer as pessoas rirem", afirma MARCO GOMEZ, PRODUTOR DE CONTEÚDO.

Além do amor pelo videogame, Marco e Denis têm outra coisa em comum. Os dois são produtores de conteúdo sobre games. Para produzir material, eles jogam online com amigos e dão muita risada, se divertem e falam bobagem. E, por incrível que pareça, aqui no Brasil, é disso que o público do gameplay gosta.

"O pessoal curte game, mas também gosta do nosso humor, porque é um humor gamer, com piadas relacionadas. Mas eles abacam consumindo mais como entrenimento que como pesquisa. Aquele público que segue o Detonadista, por exemplo, está atrás da informação sobre o jogo. Mas a maior parte consome para dar risada", afirmam os produtores.

O YouTube é a principal plataforma de distribuição desses conteúdos; vídeos muitas vezes bastante longos de gente jogando videogame e comentando – ou simplesmente tirando o maior sarro. O volume de acesso é bastante grande, o que, consequentemente, virou potencial para esse pessoal fazer uma graninha extra no final do mês.

A questão é que para ganhar dinheiro com isso, o produtor precisa ser afiliado a alguma rede que detenha os direitos de uso de imagem de games. Isso sem contar os contatos com agências e anunciantes para canais de jogos – que, cá entre nós, é o que traz grana para vídeos no YouTube: publicidade. E para se aliar a alguma dessas “networks”, o conteúdo precisa ser bom e, lógico, ter audiência.

No Brasil, este fenômeno cresceu muito rápido e teve um “boom” entre meados de 2011 até o ano passado. Hoje essa febre passou; o público que consome esse tipo de conteúdo online é menor, porém estável e fiel.


"Teve um boom enorme no final do ano passado e teve gente que resolveu a vida com dinheiro no YouTube, mas agora está diminuindo porque a galera vai enjoando e modinha do gamply já passou", explica DENIS SNIDER, PRODUTOR DE CONTEÚDO.

Agora, para manter esse público fiel interessado nos novos vídeos publicados periodicamente, a saída é inovar, criar novos formatos e reinventar. Não por acaso, a principal estratégia dos dois veteranos nesse assunto é a transmissão ao vivo – no caso do gameplay, mais conhecida como “livestream”. Acredite se quiser, mas, recentemente, para finalizar um jogo de RPG, Denis passou duas noites em claro jogando e transmitindo tudo em tempo real.

Marco também aposta no “ao vivo”, mas principalmente pela possibilidade de interagir com seu público.

"O cara te manda uma pergunta no Twitter e você o responde na hora. Ele pede a opinião ou pede alguma coisa específica e tem influência. Interagir com o público é maravilhoso", complementa MARCO GOMEZ.

Interessante é que muita gente se arriscou no “gameplay” por aqui; alguns deram certo e, assim como o Marco e o Denis, continuam na ativa. Outros aprenderam com os jogos e começaram a produzir outro tipo de conteúdo. Se você quiser conhecer os canais desses dois caras pra lá de divertidos e engraçados, acesse os links acima. Ah, e se você, por acaso, for mais um adepto, conte pra gente, o que tem de mais legal nesses vídeos e transmissões? Acesse e participe.

Para saber mais  Fonte: Olhar Digital
Leia mais ...
E aí, Jogos © Copyright 2013-2014 Todos os direitos reservados | Designed By SBT | Tecnologia do Blogger